Extraordinário

 

Em primeiro lugar o que é Extraordinário?


Poderia começar falando direto do livro de R. J. Palacio que devido ao sucesso também foi adaptado em um filme. Porém encontrei a necessidade de entender o significado da palavra extraordinário,  um “adjetivo usado para pessoas que fogem do comum, caracterizado por ser raro, excepcional, notável, ou até mesmo esquisito (essa última palavra não remete a mensagem da história, embora por muitas vezes as pessoas demonstram um olhar de estranheza sobre o garoto). Além das possíveis designações da palavra extraordinário, resolvi prestar mais atenção para o outro uso, por exemplo quando alguém é digno de grande admiração, é visto como inacreditável.

 

E por que esse garoto recebeu carinhosamente esse elogio?

Acredito que não foi por causa da síndrome rara que apresenta (síndrome de Treacher Collins) nem por ter feito 27 cirurgias, mas sim, pela forma como reage, com  otimismo e gentileza frente aos seus desafios da vida cotidiana, tendo que lidar com essa malformação congênita, que lhe causa dificuldades para respirar, se alimentar e até para ouvir.

 

A história de Auggie Pullman.

Essa é uma história envolvente, empolgante, comovente e que poderia ser abordada de inúmeras formas, escolheram como base a emoção. É uma criança que brinca, chora, fantasia, gosta de videogame como a maioria das crianças, porém faz tudo isso com uma pequena diferença, ele recebe olhares julgadores de todos os lados,  um incômodo ao sair na rua, passear em parques, praças etc.

 

A dificuldade da inclusão já começa aí, as pessoas ficam curiosas quando encontram um indivíduo com alguma deficiência, às vezes reagem de forma errada por não terem conhecimento ou experiência com essa situação, e isso é algo que devemos mudar, conscientizando os nossos alunos para saberem lidar da melhor forma com o próximo, deve-se respeitar as pessoas independente de uma deficiência.

 

Auggie, criou um bloqueio para começar a estudar em uma escola, tarefa que já praticava em casa com a sua mãe, mas foi necessário essa experiência em sua vida, por isso seus pais o matricularam na escola. Os pais sempre demonstraram total apoio ao filho, acompanhavam todos os passos e faziam tudo que estava ao seu alcance para oferecer o melhor a ele. O que foi diferente do abordado no filme Como Estrelas na Terra”, que relatou a falta de entendimento  dos pais, sobre a deficiência do filho e isso o prejudicou muito, pois, fez com que ele perdesse a vontade de aprender e de ser criança (isso pode ser considerado quase como uma morte).

Confira a análise desse filme neste link Como Estrelas na Terra”.

No ambiente escolar foi onde começou um dos maiores desafios de Auggie, se ainda não assistiu esse filme, ou se ainda não leu o livro, recomendo que o faça antes de ler a minha opinião.

 

As 10 lições que eu tirei do filme e que poderão te ajudar em suas aulas.

1 – Trabalhe com o que a criança ama.

2 – Ame e cuide.

3 – Crie a mentalidade do respeito mútuo.

4 – Seja gentil.

5 – Descubra as potencialidades de cada criança. (Auggie tem facilidade em ciências).

6 – Sonhe e conquiste.

7 – Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque superamos as dificuldades todos os dias.

8 – Bullying não é brincadeira. Muitas vezes vem em forma de apelidos.

9 – A família é importante.

10 – Seja Extraordinário.

 

A minha opinião sobre a obra  “Extraordinário” e comentários para a educação.

A narrativa é repleta de amor e esperança, em que um grupo luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. São apresentadas diversas perspectivas dos impactos que um menino pode causar na vida e comportamento de todos, família, amigos e comunidade.

O ambiente escolar pode parecer assustador e a história mostra como os pais se sentiam “(Vamos mandá-lo para a escola como um cordeiro indo para o abate…)”, o garoto estava completamente apavorado com o que poderia acontecer na escola.

 

Agora, vamos pensar na escola?

Quem está preparado? Digo isso na perspectiva de todos, sejam eles os pais, a criança, a escola, a direção, os professores, os demais colaboradores da unidade de ensino, ou a turma de alunos.

 

O que eu penso?

Ninguém está preparado. Sim, muitas vezes não imaginamos e nem estamos preparados para muitas coisas que acontecem na escola e digo mais, até na vida.

Quem vai ao médico sem estar doente para fazer um check up? Quase ninguém. O que eu quero dizer com isso!? Muitos profissionais não se preparam para atender a diversidade e somente se preocupam com isso quando, de fato, aparece uma criança com alguma deficiência.

Lidamos com uma imprevisibilidade muito grande quando falamos no  trabalho com pessoas, por isso não podemos deixar o aprimoramento para última hora, temos que estudar constantemente, aprender novas práticas, dinâmicas para a sala de aula,  ter outras vivências para enriquecer a nossa atuação profissional.  

“Levar transformações para a sala de aula é mudar o mundo”.

Só podemos de fato contribuir de maneira significativa quando fazemos o nosso melhor, seja na atuação em sala de aula, no estudo, no aprimoramento, no desejo de fazer o que deve ser feito. Quando buscamos informações sobre uma dificuldade ou outra que os alunos possam ter, não podemos restringir o nosso conhecimento apenas às teorias estudadas é preciso entender a realidade de cada aluno e buscar a conexão com a prática. A formação do professor é um processo permanente e, como tal, exige uma dedicação contínua no estudo e na ação.

“Professores memoráveis aproveitam cada oportunidade para evoluir e se aperfeiçoar. Até mesmo no seu tempo livre”.

 

Bullying 

Os professores devem se preparar para lidar com o bullying que é praticado sem piedade, algo que o filme ilustra de uma forma óbvia. Já vivenciei isso na prática. A melhor forma para lidar com isso é a conscientização, por isso utilizar filmes como esse para trabalhar aspectos ligados a bullying e preconceitos em sala de aula, pode ajudar a minimizar ou até mesmo sanar esses problemas, geralmente criança que pratica bullying pode ser o reflexo daquilo que ela vivencia e sofre, em diversos ambientes.

Um docente bem preparado está disposto a proporcionar um entendimento da sua turma sobre as diversidades presentes em nossa sociedade, além de os colocarem para lidar com as diferenças em qualquer lugar, seja na escola ou fora dela. Temos que construir um diálogo por meio de uma reflexão moral e que leve os alunos a pensar como cidadãos de atitudes corretas, desenvolvendo a mentalidade do respeito mútuo e colaboração entre todos.

Um dos professores de destaque desse filme é o Sr Browne, por muitas vezes ele se comunica com seus alunos apenas pelo olhar e balançar de cabeças. Isso é “Feeling” um pressentimento, algo que possa dar errado, um perigo, ou até de alguma coisa boa que pode acontecer. Isso é algo que se aprende na observação atenta e com a experiência  prática.

Temos que desenvolver esse olhar diferenciado e estar alerta para evitar qualquer situação indesejada que possa acontecer.

Uma didática bem interessante desse professor é  a dinâmica de começar a aula escrevendo a palavra P-R-E-C-E-I-T-O em grandes letras de forma no quadro. Depois perguntou.

– Alguém sabe o que é preceito?

Ninguém respondeu de imediato até que ele escreveu. Preceitos – Regras a respeito de coisas muito importantes!

E assim iniciou esse questionamento com a turma. O que logo após algumas indagações dos alunos ele disse para pensar nisso em nosso mundo. Ele queria que os alunos refletissem sobre “Quem somos nós?” E com essa pergunta escreveu o seu primeiro preceito em aula.

Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil”.

Se você quiser ver os preceitos que compartilho todos os dias no stories do instagram pode acessar por aqui Professores Memoráveis.

 

Tirando a ideia desse filme “Extraordinário” elaborei uma dinâmica. 

 

Dinâmica: Preceitos 

 

Objetivos: Ensinamentos de vida, lições de moral e valores.

Se quiser ter acesso as dinâmicas  torne-se um assinante é só clicar aqui.

 

Por que você deve passar esse filme para os seus alunos?

Além do que eu já comentei sobre a importância de você lutar contra o preconceito e bullying, esse é um filme que mostra, também, o poder da amizade e da gentileza de uma forma engraçada e emocionante. Além de proporcionar inúmeros pontos de vista que geralmente não vemos com tanta frequência em outras histórias.

 

https://www.youtube.com/watch?v=6g80d7igX0k

 

Seja um ser humano extraordinário, deixe um comentário aqui abaixo.